18.6.15

O que você aprende com o fim de um namoro

Tudo acaba


Relacionamentos têm início, meio e fim. O rompimento é natural, a vida é assim, pessoas que não estão destinadas a ficarem juntas têm que seguir. As coisas mudam, os sentimentos as vezes não são suficientes e o fim é necessário.

Você vai conhecer pessoas novas tão interessantes quanto o seu ex


Todos nós passamos pela fase do "não vou achar ninguém", quando na verdade vamos sim! É claro que não existe duas pessoas iguais no mundo, mas tem muita gente legal e interessante por aí.

Guardar as lembranças boas


Não alimente raiva ou qualquer sentimento negativo, nem só de brigas é feito um relacionamento. As pessoas  têm uma mania terrível de só lembrarem das coisas ruins. 

Valorizar-se


Busque sua felicidade própria, não se contente com migalhas, seja você. Não se humilhe correndo atrás de quem não quer estar com você, aprenda a se valorizar.

O valor das amizades


É inevitável não se afastar nem que seja um pouco de alguns amigos. Na hora do término você percebe quem realmente importa.

Erros são necessários


Não devemos ficar nos martirizando, a vida é feita de erros. Errou? Reflita e aprenda com ele, isso ajuda a se tornar uma pessoa melhor. 

Você não precisa odiar o seu ex



Histórias foram vividas, laços estabelecidos, o fim não significa ódio. Tenho preguiça de quem vive de indiretas nas redes sociais ou fala pra quem quiser ouvir barbaridades sobre o ex. Tudo bem, ele pode ter sido fdp, pode ser um babaca, mas lembre-se que todos temos defeitos. Se você namorou com ele, é porque tinha algo naquela pessoa que você gostava. Não precisa ser bff, nem odiar. Simples!


Gostaram? Vocês acrescentariam algo nessa lista?

Dúvidas, desabafos, angústias, sugestões deixem nos nossos queridos comentários.

Beijo!



0 comentários:

Postar um comentário

 
ana lu fernandes - 2016 // voltar para o topo // design + código gbml