12.11.15

Fiz uma tattoo!

Sempre tive vontade de fazer uma tatuagem, já tive cada ideia que agradeço a minha mãe por não ter me autorizado fazer enquanto eu não fosse maior de idade. Ok! Fiz 18 anos e percebi que todas as coisas que eu já quis tatuar perderam todo o sentido e era mais por ser "modinha". Desencanei dessa história de tatuagem e coloquei na minha cabeça que tudo ia se encaixar na hora certa e eu acharia, sem dificuldade, algo com significado pra mim. Eu sei e concordo que nem toda tatuagem precisa ter significado, mas por ser a primeira, eu queria que tivesse. 

Foi aí que a chave virou (e pra ser bem sincera, nem lembro como foi) e veio algo na minha cabeça que faz todo o sentido na minha vida.

1. O significado

Conforme nós vamos crescendo e amadurecendo, evoluímos em muitos aspectos. Percebi que consegui me libertar de muitas coisas que me faziam mal, que tiravam a minha paz, dos sentimentos ruins, dos medos, das angústias, das más lembranças, da culpa. De pessoas que só me puxavam para trás, que sugavam a minha energia, de quem algum dia me fez mal, dos que me impediram de realizar alguns sonhos. Quando em uma situação difícil eu pensar que não consigo superar, quero olhar para a tatuagem e lembrar que sou capaz SIM! Todos somos! É possível se libertar, basta querer e acreditar.


2. A escolha do lugar e da fonte
Futuramente vou ser jornalista e (EU, ANA LUIZA, FIZ A MINHA ESCOLHA!) queria um lugar discreto, que eu pudesse disfarçar quando quisesse e fosse necessário. Simples! Hahahaha. Já a fonte, eu escolhi por meio de um site que o próprio tatuador me mandou. Eu já sabia o que queria, algo mais delicado e de traço fino, então foi fácil. Dica: o Pinterest é um ótimo site para procurar inspirações de tattoo. ♥

3. O meu tatuador
Minha mãe e duas amigas nossas já tatuaram com o Daniel, mais conhecido como Gordo, adoraram e os resultados ficaram bem bacanas. Decidi em um sábado que iria fazer, marquei e na segunda-feira lá estava eu! Hahahaha. Sou bem cagona principalmente para coisas que envolvem AGULHA! #confissões
Mas nem pensei muito, só fui me dar conta do que eu ia fazer quando já estava lá. Ele foi super querido e quando eu ia perguntar "quanto tempo falta?" já tinha acabado. Foi super rápido! 

4. A dor
Primeiro, temos que levar em conta que a minha tatuagem é pequena (ela tem 7 cm), mas, vou te dizer que a dor é bem suportável. Como se fosse você passando a unha de leve na pele várias vezes. Claro que se você fizer uma sessão de horas e dependendo do lugar, vai doer mais, but, a minha doeu pouco, não chega nem ser uma dor.

5. Cuidados
Na verdade, cada tatuador aconselha cuidar da tatuagem de uma maneira. Só queria ressaltar e dar dicas que por mais que sejam batidas são necessárias. 
NÃO coça! A casquinha que vai formar é devido à cicatrização e se você coçar vai prejudicar esse processo. E por último, tome os devidos cuidados que o seu tatuador indicar. Estamos entendidos?


Gordo, queria te agradecer pela paciência e pelo trabalho incrível! 

Beijo, beijo e até a próxima tattoo! Hahahahaha (Mãe, não lê isso!)

Endereço: Av. Jorge Lacerda, nº 1985 - Em cima da Panificadora Beija-Flor 
Costeira do Pirajubaé - Florianópolis, SC

Contato: (48) 3334-5550 | (48) 9977-0231


0 comentários:

Postar um comentário

 
ana lu fernandes - 2016 // voltar para o topo // design + código gbml