29.2.16

Sobre a falta que você me faz

Por muitas vezes eu pedi o fôlego só por estar ao seu lado, e desejo impacientemente que a minha perda de fôlego hoje fosse pelo mesmo motivo ao invés de ser pela falta que você me faz. 

Quando eu olho para algum canto da cidade em que você esteve, bate um aperto no peito. Todas as vezes que o telefone toca perto das nove, eu desejo que seja você. Em algumas noites desejo com toda a minha força que o sono venha, porque eu não suporto mais pensar que não te verei no dia seguinte. Fico pensando no seu sorriso doce (aquele que só você tem), no jeitinho que você mexe no cabelo e na forma toda desleixada que você anda. 

Você não sabe a falta que eu sinto do seu abraço apertado, eu faria de tudo para sentir ele só mais uma vez. Tem vezes que eu fecho os olhos e parece que estou te abraçando novamente, como se fosse a primeira vez. Os defeitos irritantes que só você tem, seu jeito teimoso, sua mania de sempre querer me tirar do sério... Isso faz falta. Revivo cenas, volto no tempo, desejo que meu passado se torne presente mais uma vez. Você não sabe a dor que sinto quando descubro que meus planos um futuro ao seu lado, não serão mais realizados. 

Foto: Pinterest

Odeio quanto as lembranças insistem em aparecer na minha mente. Cada detalhe, cada lugar, faz lembrar você. Me proibi de abrir aquela caixa com bilhetes, papéis, cartas, fotos, enfim, memórias. Mas eu sempre acabo fazendo o contrário, já abri a tal caixa diversas vezes e ao fazer isso bateu uma saudade gritante no meu peito. Aquela música que você cantou pra mim, eu me proibi de escutar. Quando sinto aquele perfume que só você tem, fico olhando para os lados na esperança de vê-lo novamente. Sinto falta do seu cheirinho.  

Eu confio em você. As palavras de conforto que você me dizia - que nem eram tão extraordinárias assim - ainda soam como poemas para mim. Fico  relembrando aquelas conversas, que até um tempo atrás pareciam ser tão inúteis, mas que hoje fazem muita falta. Você não sabe a dor que eu sinto. Pela falta que você faz, pelas lembranças que ficaram e não voltam, pelos sonhos não realizados. Já perdi muitas lágrimas, e infelizmente, ainda vou perder muitas. 

Já cansei de encontrar jeitos para te esquecer e já me convenci que nunca irei. Já busquei em outros rostos, outros corpos, uma forma de esgotar essa falta. Mas no final isso só aumentou meu sofrimento, e assim, descobri que seu amor é realmente único, e insubstituível. 

Ninguém entende o que eu sinto, e que tudo o que me dizem soa como “mais alguma coisa”. Em meio há tantos amigos, risadas, momentos, me sinto perdida, e eu trocaria tudo pela sua companhia. Sinto falta de fazer nada ao seu lado. Você me dava atenção, me fazia sentir única, e amada. 

Abro diversas vezes meu email esperando encontrar um "oi" que seja. Gostaria de ouvir só mais uma vez um "você é importante". Eu amei muito você. Aliás, eu ainda amo. E só eu sei que esse amor não vai sair do meu coração... Nunca.



1 comentários:

 
ana lu fernandes - 2016 // voltar para o topo // design + código gbml