23.7.16

10 motivos para ir ao Park Tupã

Sim, eu fui no Park Tupã! Não, eu não tenho vergonha de dizer isso.
Quem mora em Santa Catarina tem a sorte de ter o Beto Carrero World como opção de parque de diversões, mas nem sempre é possível ir pra lá quando dá vontade.
Quando eu soube que o Park Tupã tinha chegado e ficaria aqui em Floripa no mês de julho eu pirei. Ia quando era menor e esse rolê seria uma ótima oportunidade de me divertir, ainda mais que estou de férias da faculdade. Então, eu fui! E foi tão maravilhoso que resolvi criar esse post e fazer todo mundo morrer de vontade de ir também.


Os amigos 

Não existe rolê feliz assim sozinho. Sério! Por isso, ir com os amigos é sempre diversão na certa. Ainda mais que a maioria dos brinquedos exige companhia e só a presença dos amigos no lugar já deixa os momentos serem especiais e incríveis.
Então, convida seus melhores amigos, o vizinho parceiro, seus primos do coração, seus amigos da faculdade ou quem mais você ama estar junto e sabe que é parceiro.
Eu fui com o Lucas e o Gabriel, dois amigos da faculdade. Depois, a Kamilla chegou. Sério, o rolê não teria sido tão divertido se eles não estivessem.



você vai temer por sua vida e vai amar

Você aguenta a ansiedade na fila, vê as pessoas saindo um pouco enjoadas do brinquedo mas fica firme: eu vou nesse negócio. Você senta, coloca as proteções e vê o brinquedo começar a girar. É lindo e maravilhoso. O dia está lindo, o céu incrível e você enxerga toda a cidade e de repente fica de cabeça pra baixo. Passa um tempo e ainda está de cabeça pra baixo. E fica mais um pouco. 


Essas são as sensações do Evolution. Lá em cima é lindo, a adrenalina corre desenfreada nas veias e você se dá conta de que está de cabeça pra baixo no parque tupã e pensa "será que esse negócio aguenta?". 
Aí passa. Você aproveitou a vista, se divertiu e até esquece isso: só quer ir no Evolution de novo. 


o crazy dance só toca os sucessos

Se eu tivesse que eleger o melhor brinquedo, seria esse. Pra resumir um pouco é uma pista que roda e nela existe quatro plataforminhas com quatro cadeiras. Aí a pista começa a rodar e as cadeiras rodam junto. A sensação é muito gostosinha (no vídeo vocês não entender). Não considero nada radical, mas o ventinho no cabelo ao som de uma música massa formam a composição perfeita do meu brinquedo favorito.
Falando em música, essa é uma das características principais desse brinquedo: só tocam os sucessos. Ouvi Fifthy Harmony, Marron 5, Flo Rida, Foster the people. Quando fui de novo e já estava escuro, tocou até música eletrônica. Resumindo: é uma baladinha ao ar livre que tu não se esforça em dançar. 


tudo é baratinho

Fiquei um pouco surpresa com os valores. Paguei 5 reais em um pacote relativamente grande de pipoca e também 5 reais em um algodão doce GIGANTE. Sério! No vídeo de resumo eu mostrei o moço fazendo. Levei muito tempo pra comer aquele negócio azul. Foi tão difícil que depois descobri algodão doce até dentro do bolso de trás da minha calça. Mas estava delicioso!

Sobre os valores do parque, o passaporte durante a semana é R$25,00 e se você apresenta um cupom disponível na internet paga só R$ 20,00. Achei que vale super a pena porque ficamos quatro horas no parque e podíamos escolher a vontade qual seria o próximo brinquedo. Quem prefere aproveitar só os que gosta mesmo pode comprar o ingresso avulso por R$ 5,00 na entrada.  


como a vista é linda da roda gigante 

É... Tão grande! Raimundos avisou e venho apenas confirmar: a vista da roda gigante é incrível. Aproveitamos para ir bem no final da tarde, na hora que o sol está se pondo, e a vista para a ponte é linda. O céu estava bonito e as cores davam uma paz indescritível. Foi lindo de viver! Além disso, dá pra aproveitar a roda gigante pra comer uma pipoquinha e renovar as energias para as próximas aventuras.




a montanha russa é incrível (para tirar fotos)

Fui 2 vezes na montanha russa. A primeira, para saber como seria (meus amigos já tinham dito que era sem graça). Não gostei. Ela tem um looping e vai super rápido, ingrediente principal de um brinquedo radical mas... ela é muito desconfortável. Achei o acento ruim, a proteção é dura e sua cabeça bate muito. Resolvi dar uma chance outra vez no final, mas me arrependi: a cabeça ficou latejando um pouco e a orelha dolorida das batidas na proteção. 
Apesar disso, a montanha russa foi um ótimo objeto na hora de tirar fotos do céu no fim de tarde. 

Aproveitei para tirar essa enquanto esperava na fila do crazy dance (que fica do lado).
Vale a pena pelas fotos e pela vista mesmo, de resto não curti, mas se você for, acho legal tirar as próprias conclusões dela (e de todos os outros brinquedos).


O KAMIKAZE TE FAZ VOAR 

Nós provavelmente ficamos uns 15 minutos esperando para ir nesse brinquedo. Eu já estava um pouco enjoada e quando chegamos na fila, as pessoas tinham acabado de entrar, e até o brinquedo começar demora. Depois que acabou, tivemos que esperar mais um pouco porque uma menina vomitou e eles precisaram limpar o brinquedo para uma nova viagem. Se depois de todos esse sinais do universo você pensa que eu desisti está enganado. Fui!
Quando começou eu só fechei os olhos e aproveitei a vibe. Foi incrível. Abri os olhos só algumas vezes (na parte que as moedas começaram a cair no chão quando estávamos de cabeça pra baixo, principalmente). Mas foi incrível mesmo. O vento no rosto e os olhos fechados te fazem acreditar que você está voando - só que dentro de um brinquedo. Dá uma sensação tão gostosa de liberdade que você esquece de tudo e só aproveita. 


SEU INSTAGRAM VAI TER NOVAS FOTOS LINDAS

Pode parecer zueira o que vou falar agora mas: o park tupã tem uma paleta de cores. Se você não está muito habituado a isso, paleta de cores são as cores que uma marca, empresa, projeto tem para manter a identidade visual. A paleta de cores é feita para "combinar" cores e deixar visualmente harmonioso o que apresenta. E o park tupã tem uma. 
As cores que mais aparecem nos brinquedos são tons mais claros de rosa, azul e amarelo. Em alguns brinquedos, passa a ter a presença do vermelho, do dourado e do azul. Os brinquedos se resumem nessas combinações e é tão lindo quando você olha que só consegue pensar em como as fotos vão ficar lindas no instagram HAHA sério!



A BARCA DÁ UM FRIO NA BARRIGA REAL 

A barca é aquele brinquedo tradicional de todas as festas e parques. É tipo uma barca - dãr - que faz um movimento de vai e vem. Até aí, ok. Se você fica no meio nem sente uma emoção, mas na ponta o frio na barriga chega e é maravilhoso. Você pode até levantar os braços e é muito bom.

Foto da barca com a roda gigante ao fundo

O vai e vem deixa muito gente enjoada, então é bom tomar aquele dramim amigo ou não sentar tão em cima: mas juro, vale a pena demais!


VOCÊ VAI TER MUITAS HISTÓRIAS PRA CONTAR

O algodão doce no bolso da calça, as músicas do momento que tocaram, as poses bizarras para as fotos, os amigos de dois minutos que se faz na fila, as sensações que os brinquedos deixam na gente, as risadas na hora que o frio na barriga bate, as fotos fofas no instagram, os momentos de "acho que vou vomitar". E fica a saudade desse dia também! Tô só pelo próximo rolezinho depois desse.
Se eu puder dar um conselho para todos os habitantes dessa cidade - e desse planeta - é esse: vá ao park tupã.



O post não teve muitas fotos porque me concentrei em fazer um vídeo rápido compartilhando os momentos desse dia. Nele aparece certinho alguns brinquedos. Espero que ele deixe vocês ansiosos para aproveitar o parque - que deve ficar aqui só até o final do mês, então corre.





Super beijo,

0 comentários:

Postar um comentário

 
ana lu fernandes - 2016 // voltar para o topo // design + código gbml