6.3.17

5 motivos para ler 'Boa Noite', da Pam Gonçalves

Se você se considera um bom leitor de livros para jovens adultos e não conhece a Pam Gonçalves você está fazendo isso errado. Mas calma, vou te ajudar.


Lançado ano passado, em 2016, Boa Noite conta a história da personagem Alina, que acaba de se formar no Ensino Médio e sai da casa dos pais para morar em outra cidade e cursar Engenharia da Computação. Ingênua, bonita, boa aluna e determinada, ela se vê diante de novas pessoas e situações com as quais ela jamais imaginou passar: ser alvo de comentários maldosos em redes sociais, garotos idiotas, o preconceito por ser uma mulher em um curso de "homens" e o perigo de uma substância que começa a circular em festas universitárias com o intuito de drogar e abusar de garotas.

FIDELIDADE À REALIDADE

É incrível como o livro consegue mostrar uma realidade real que vivemos. Nada de escolas americanas e romances clichês. Pam Gonçalves consegue transmitir muito bem os sentimentos através das mudanças que acontecem nessa fase inicial da vida adulta. Sair da casa dos pais, morar em uma cidade longe da família, conhecer boas e más pessoas, lidar com preconceito de gênero e os perigos que não deveríamos, mas acabamos correndo, por sermos mulheres.

O LUGAR 

Diretamente ligado ao tópico ali em cima, o que traz a sensação de uma realidade muito próxima da nossa é que a história se passa na Pedra Branca - na história, Pedra Azul -, bairro da Palhoça que fica situada a Unisul. A partir daí, vemos como existem algumas semelhanças da personagem com a escritora, que também já estudou no bairro e cursou 'Engenharia da Computação' antes de iniciar o curso de 'Publicidade e Propaganda'.

EMPODERAMENTO E FEMINISMO 

A força de vontade e a determinação de algumas das personagens femininas foi o que mais me fez gostar desse livro. É admirável e um exemplo a forma como as garotas passam por cima do preconceito dos homens e mostram que são tão capazes - se não mais - de se dar bem e obter sucesso na computação. Além disso, também tem um incentivo de como temos que nos ajudar e sempre mostrar, entre nós mesmas, que somos capazes de QUALQUER COISA, basta querer e não abaixar a cabeça.

Não vou entrar em mais detalhes sobre esse tópico pra não acabar soltando nenhum spoiler.


FORTALECER A LITERATURA CATARINENSE/NACIONAL

Quem tem costume de ler sabe o quanto os escritores nacionais são deixados de lado e muitas vezes até esquecidos em benefício da literatura e dos sucessos internacionais. Muita gente acaba tendo contato com o que é produzido aqui só na escola ou no vestibular, quando precisa ler os clássicos.

Existem autores brasileiros jovens e incríveis produzindo conteúdo legal e atual, que merece espaço na nossa estante e também na mídia. Além das histórias trazerem um contexto e uma atualidade que se aproximam mais do que vivemos, é sempre importante valorizar uma coisa que é nossa. É assim em tanta coisa, por que não pode ser na literatura também?


A ESCRITORA

Natural de Tubarão, no litoral aqui de Santa Catarina, a Pam começou a falar sobre livros no blog Garota It. Depois, com o passar do tempo, acabou migrando de plataforma e agora trabalha mais com youtube, tendo conquistado recentemente 200 mil inscritos em seu canal. Os vídeos, com conteúdo predominante sobre livros, também trazem dicas de séries e documentários e trata de outras temáticas.

Em 2014, junto com mais três escritores, participou da coletânea O Amor Nos Tempos de #Likes - que já está na minha listinha de livros pra ler em 2017.



Quem quiser adquirir o livro, os valores vão de R$ 17,90 - lojas online da Saraiva, Cultura e Amazon - a R$ 25,90 - Submarino. Os valores foram consultados em 05/03.

'Boa Noite' é um livro gostoso de ler, rápido, que se aproxima bastante da nossa realidade e retrata de forma mais fiel como a gente vive e se sente com as mudanças e o começo da 'vida adulta'.

Beijo, beijo,

0 comentários:

Postar um comentário

 
ana lu fernandes - 2016 // voltar para o topo // design + código gbml